FAD’Nu

Fad` Nu – cumplicidade intimista, diálogo cénico e musical entre a cantora e o guitarrista, personagens fulcrais e identificadoras do FADO. Com evidentes ligações à tradição, é uma opção livre de dogmas e aberta aos novos caminhos da globalização artística.

Poesia com sumo, música com garra e palco com alma, ingredientes que apresenta o fado com uma roupagem diferente mas que também traz ao fado coisas que nunca lá estiveram.
É neste sentido que se abrem portas aos grandes poetas e trovadores da língua portuguesa, alargando e descobrindo novos repertórios e estabelecendo pontes e afinidades entre diferentes géneros e raízes culturais.

Fad Nu não tem credos nem fronteiras.Tal como a música e a poesia encontra a sua verdade e a sua essência na descoberta de um caminho aberto, que se reinventa a cada novo passo.
———————
Fad` Nu – intimate complicity, scenic and musical dialogue between singer and guitarist, the key characters of FADO. With obvious links to the tradition, Fad’Nu is a dogma-free option, opened to the new paths of the artistic globalization.

Deep poetry, strong music and a soulful scene/stage, are the ingredients that present fado with a different outfit but also bring to it things that have never been there.
In this sense Fad’Nu is an open door to the great poets and troubadours of the Portuguese language, widening and discovering new repertoires and establishing bridges between different genres and cultural roots.

Fad’Nu has no creeds or boundaries and like music and poetry, it finds its essence in discovering an open path that reinvents itself at every new step.

Cátia Alhandra – Voz
José Alegre – Guitarra Portuguesa

Convidados:
Tiago Rêgo – Percussão Mediterrânica
Paulo Matos da Silva (strak) – Contrabaixo